NENHUMA BOQUINHA ACABA SEM GÁS LACRIMOGÊNEO

Magu

Gustavo Franco

A fátua “greve geral” de sexta-feira rendeu esperneio dos pelegos, conforme conta Gustavo Franco, ex-presidente do BC na gestão FHC, em artigo ao jornal Estadão. Veja o que ele disse:

“É um disparate que as pessoas (físicas e jurídicas) sejam obrigadas a recolher uma contribuição sindical mesmo quando não querem pertencer a nenhum sindicato.
O Brasil tem 11.327 entidades habilitadas a receber a contribuição, cuja arrecadação alcançou R$ 2,1 bilhões em 2016. Do lado patronal foram R$ 934 milhões. A imensa maioria dessas entidades só existe para captar esse recurso”.

O Antagonista fecha seu post dizendo, em sua peculiar linguagem: Nenhuma boquinha terminou no Brasil sem certa dose de esperneio e gás lacrimogêneo.
A sexta-feira que passou foi dedicada a isso.
Vida que segue.”

Anúncios

One Response to NENHUMA BOQUINHA ACABA SEM GÁS LACRIMOGÊNEO

  1. Galdino says:

    Tá explicado: as camisetas vermelhas, os R$20,00 e os sanduíches de mortadela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: