MARCEL GRANIER

(do Ponto Crítico)

Gilberto Simões Pires


Gilberto Simões Pires

Ontem, enquanto assistia alguns vídeos mostrando a violência que assola a pobre Venezuela, decorrente do brutal assassinato da DEMOCRACIA, cometida pelo sanguinário ditador Maduro, lembrei da conversa, seguida de entrevista, que mantive, em abril de 2010 (pouco mais de sete anos), com Marcel Granier Haydon, então presidente da RCTV -Rádio Caracas Televisión. 

DATA MARCADA PARA DESAPARECER

Para quem não lembra, no dia 4 de abril de 2010, data de realização do XXIII Fórum da Liberdade, Marcel Granier foi agraciado com Prêmio LIBERDADE DE IMPRENSA. Como fui o primeiro a receber este troféu, criado pelo IEE -Instituto de Estudos Empresariais- em 2007, quis ouvir o que Granier tinha a dizer por ocasião do recebimento do prêmio. Principalmente, porque sua empresa de comunicação (RCTV), por decisão de Hugo Chávez, estava com data marcada (27 de maio de 2007) para desaparecer. 

POSICIONAMENTO

Vale dizer, a título de esclarecimento, que em dezembro de 2006 o então presidente Hugo Chávez já havia decidido, de forma ditatorial, que não seria renovada a concessão da RCTV. Argumentou, para tanto, que a Rádio Caracas Televisión havia se posicionado contra o governo durante o -golpe- de 2002. Que tal?

14 ANOS ANTES

Marcel Granier insistiu dizendo que, segundo constava no contrato, o prazo de validade da concessão ia até o ano de 2021. Chávez, no entanto, sem dar a mínima pelota para a existência ou não de contrato, decidiu que o expiramento, sem a mínima chance de renovação, ocorreria no dia 27 de maio de 2007, ou seja, com antecipação, na marra, de 14 anos. Tudo por vontade ditatorial própria.

CONFISCO

Assim, exatamente às 11h59m do dia 27/05, tão logo foram encerradas as transmissões da RCTV -Rádio Caracas Televisión-, o ditador Hugo Chávez, ainda insatisfeito, foi em frente: tratou de confiscar (estatizar) os equipamentos de transmissão da emissora e passou a transmitir, usando o mesmo sinal, um novo canal estatal de serviço público chamado TVes. 

ADVERTÊNCIA

Pois, ao agradecer por ter sido escolhido para receber o notável troféu  -Liberdade de Imprensa 2010-, Marcel Granier fez uma forte advertência pública: – NÃO DEIXEM QUE ISTO QUE ESTÁ ACONTECENDO NA VENEZUELA ACONTEÇA TAMBÉM AQUI, NO BRASIL. Mais: mencionou, com muita firmeza, que a organização comunista -Foro de São Paulo- tinha objetivos claros para transformar a América Latina numa região dominada pelo COMUNISMO. Finalizou dizendo: – CUIDEM-SE! EVITEM ISTO AO MÁXIMO! 

RCTV E A GLOBO

Infelizmente, caros leitores, nem Granier nem o Ponto Critico foram levados muito a sério, pois a organização comunista cresceu muito, a olhos vistos, dificultando a sua destruição. Aliás, quem mais está ajudando nesta tarefa é o próprio ditador Nicolás Maduro, a considerar o empobrecimento do povo venezuelano.

Ah, só para deixar bem claro: a RCTV estava para a Venezuela como a Rede Globo (ainda) está para o Brasil. Entenderam bem o que isto significa?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: